Make your own free website on Tripod.com
X Copa do Mundo da FIFA - 1974
Frases sobre a Copa do Mundo de 1974
Home

  • "Os europeus estavam bem condicionados na Copa passada, mas tiveram a desvantagem de jogar em um clima muito quente e sem estarem preparados para uma competição a dois mil metros de altitude." (Carlos Alberto Parreira, preparador físico do Brasil na Copa de 1974).

  • "Se viajar, serei titular." (Carbone, fora dos planos de Zagallo no Mundial da Alemanha).

  • "Sinto que jogarei." (Clodoaldo, antes de ser cortado da seleção brasileira devido a uma contusão).

  • "O treinador Zagallo está desesperado. Ele está sem saber o que fazer." (Manchete de jornal alemão poucos dias antes da estreia da seleção na Copa).

  • "De repente, fomos despertados. Ele foi cortado. Não acreditei, julgava ser uma brincadeira." (Maria Aparecida Garcia Carbone, mulher do botafoguense Carbone).

  • "O time deles é bom, mas os holandeses não têm tradição em Copas e isso pesa. A Holanda não me preocupa. Estou pensando na final com a Alemanha." (Zagallo, sobre o duelo com a Holanda na semifinal).

  • "A Holanda é muito tico-tico-no-fubá, que nem o América dos anos 50." (Zagallo, técnico da seleção brasileira, antes do jogo contra a Holanda).

  • "Não me perguntem nada. Desculpem-me, agora não sei o que dizer." (Rivellino, após a Holanda eliminar o Brasil da Copa do Mundo).

  • "Não vamos subestimar o Brasil. Eles não têm marcado muitos gols, mas também não sofreram nenhum." (Johan Rep, jogador holandês, antes da Holanda derrotar a seleção brasileira pelo placar de 2 a 0).

  • "Sinceramente, não acredito que o Brasil possa ganhar de nós. A Holanda está jogando tão bem que me parece impossível pensar em uma derrota." (Van Der Haarts, "espião" da delegação holandesa na Alemanha).

  • "Sempre que jogamos contra o Brasil entramos em campo pensando na vitória." (Vladislao Cap, técnico argentino, antes da derrota para os brasileiros por 2 a 1).

  • "Perdemos para a Polônia por infelicidade." (Emerson Leão, após a derrota para a Polônia na decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo de 1974).

  • "Meu gol mais importante certamente foi o que nos colocou à frente da Holanda na final em Munique." (Gerd Müller, atacante da seleção da Alemanha e autor de 14 gols na história da Copa do Mundo).

  • "Pelo que o Brasil apresentou, o quarto lugar foi fenomenal. Eu sou um cara muito consciente. Isso pode até magoar alguns jogadores, mas é isso mesmo: só merecíamos um terceiro ou um quarto lugar." (Luís Pereira, zagueiro brasileiro).

  • "Nossa preferência era fazer a final contra o Brasil. Afinal, eram os tricampeões, seria muito melhor ganhar de uma seleção dessas, com mais tradição. Demoramos um pouco a acordar para a Holanda." (Breitner, autor do primeiro gol alemão na final).

  • "O sonho acabou, ganhou o futebol!" (Manchete do jornal "O Estado de S.Paulo" após a eliminação da seleção brasileira na Copa do Mundo).

  • "Perdemos para uma grande equipe." (Reconheceu o técnico Zagallo depois da derrota para a Holanda nas semifinais do Mundial de 1974).

volta à página inicial